HomeSexo e SexualidadeEntre elas: um encontro entre mulheres no Restaurante e Galeteria O Poleiro

Entre elas: um encontro entre mulheres no Restaurante e Galeteria O Poleiro

No mês considerado da mulher, as discussões não param. À mulher, sempre coube a repressão acerca das suas atitudes perante toda uma sociedade. O modo como se veste, como fala e se comporta podem ser motivos de violência física e verbal. A mulher é culpabilizada por quaisquer atos em que ela mesma é a vítima. Considerada o sexo frágil, ela está todos os dias mostrando o quanto é forte. Para falar sobre isso, o Restaurante e Galeteria O Poleiro organizou o evento Entre Elas no dia 16 de março, uma sexta-feira. Assim, a semana terminou ainda mais reflexiva. Afinal, somente com discussões e compartilhamento de experiências, podemos refletir sobre como estão sendo nossas relações.

O evento contou com um bate-papo em que as protagonistas foram a representante do Coletivo Feminista Pretas da Dió Nana Aquino, a psicóloga Danila Gonçalves e eu, Lu Rosário. Nana, sempre muito precisa, trouxe dados estatísticos sobre como estamos sendo violadas no Brasil. Danila falou sobre sua experiência enquanto profissional que lida cotidianamente com outras mulheres e eu completei as falas dentro do meu lugar como uma mulher negra que escreve sobre sexo e lida com declarações de outras mulheres todos os dias.

Da esquerda para a direita: Nana Aquino, Lu Rosário e Danila Gonçalves.

 

O Entre Elas também contou com uma dinâmica de interação, onde mulheres respondiam perguntas relacionadas ao fato de ser mulher. Com isso, todas falaram e tornaram o momento ainda mais caloroso. Além disso, houve também sorteio de brindes. A Racco foi uma das parceiras, assim como a Tupperware que, apesar de não ter colocado um espaço conosco, sorteou alguns brindes.

Na esquerda, Ana Ferraz – proprietária d’O Poleiro.

 

Quero agradecer à Ana Ferraz pela oportunidade de estar neste evento. Que, além-março, outros momentos como este aconteçam para que nos fortaleçamos e descubramos que lugar de mulher é, sim, onde ela quiser.

Gostou? Compartilhe
Quantas estrelas merece esse artigo?

Baiana. Graduada em Letras Vernáculas e em Jornalismo. Realizou pesquisa em Análise do Discurso, estudando a produção do discurso pornográfico. Descobriu-se apaixonada por assuntos relacionados ao sexo e a sexualidade. Adora brincar com as palavras e fotografias.

falecom.lurosario@gmail.com

Sem comentários

Comente