Sem Tabus

E esse sexo preguiçoso, hein?

Já pensou em você naquela vontade louca de fazer sexo e o rapaz ou a mocinha delicinha ao seu lado apenas se deixar levar pelo ato sem nem um aperto com mãos ou mais expressividades? É foda, não é? Quer dizer, não é foda ou, então, é foda no sentido negativo da palavra. A prática sexual exige a participação de ambos e não ser ativo o suficiente pode ser brochante para aquele que quer investir-se por inteiro em possíveis gozos. Para aqueles que apenas se deixam penetrar, chamamos de inativos em algo bem típico de um sexo preguiçoso.

É aquela coisa da mulher abrir as pernas e deixar que o cara coloque nela ou, então, do homem deitar-se e deixar que a mulher fique por cima fazendo todo o serviço. Desse jeito, diz-se haver uma satisfação de prazeres, mas com aprovação em nota limite e sem nada de extraordinário para favorecer orgasmos. Mais morno do que isso, só se os dois desistirem no meio.

Seria cansaço, costume, sono ou falta de vontade por uma questão de indiferença ou seria egoísmo? Vários são os fatores para que a pessoa trate a foda com um certo descaso. Alguns ficam no “tudo nosso, nada deles” – isso combina muito com aquele pedido de sexo oral onde você coloca a boca na botija e não recebe nada em troca. Homem assim, inclusive, perde mil pontos comigo.

Em um bate papo bem informal, AC confessou que “às vezes sou preguiçosa com meu namorado. Tipo, trabalho e estudo o dia todo. À noite não tô com muita disposição, mas tô com vontade de fazer”. Para ela, o sexo é essencial e, por isso, não pode abrir mão nem que seja para fazê-lo sem precisar se exercer muito. Em contrapartida, RS vai dizer que em “Duas de cansaço eu nem penso em sexo”, visto que essa é uma prática que exige disposição para trabalhar todos os músculos e articulações.

Fazer sexo é realmente muito gostoso, mas, quando estou muito cansada, opto, primeiro, pelo descanso para depois dar uma com toda a disposição. Às vezes o corpo pede stop e, neste caso, aceite para, depois, dar de dez a zero em qualquer outra investida. Sexo preguiço tem cara de obrigação, parece aquela última flexão depois de horas de academia.

O que acha sobre essa coisa de sexo preguiçoso? Fique acanhado não, todo mundo já transou sem lá esses desempenhos todos. Nem tudo na vida são flores, muito menos quando diz respeito a vontade de dois, três ou seja lá quantos forem.

Avatar

Jornalista. Baiana. Leonina. Apaixonada por tudo o que diz respeito a sexo e sexualidade. Palavras e fotografias são suas taras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.