Sem Tabus

Manda nudes!

Nunca se viu tanto, nas redes sociais, um pedido tão inusitado quanto o “Manda nudes”. As pessoas, cada vez mais, têm rompido as barreiras da intimidade e exposto seus corpos nus. Em alguns casos, apresentá-lo virtualmente é uma forma de elevar a autoestima e tais atos jamais seriam realizados, apenas em conversas triviais, se fossem no tete a tete. Além disso, você também consegue se aproximar intimamente de alguém que deseja por meio da liberdade que o encontro não pessoal permite. Falar sem olhar nos olhos possibilita ser mais aberto para questões íntimas. De acordo com a Revista Galileu, que abordou muito bem este tema na edição 292,

 

“(…) os adeptos não param de crescer e já ultrapassam os 50% entre os jovens de 18 a 24 anos, como revelou uma pesquisa da empresa de segurança digital McAfee. “Trata-se de um grito de liberdade. Ao mandar uma foto sensual para outra pessoa é com se você dissesse: ‘Olha, esse é meu verdadeiro eu'”, defende a psicóloga Maura de Albanesi, diretora do Instituto de Psicologia Avançada (SP).

 

Além da liberdade que nos coloca em um auto conhecer-se, há também a autoafirmação – uma prova de que eu sou bom ou boa o suficiente para que nos conheçamos –  e a possibilidade ou ligeireza na concretização de atos sexuais ou de encontros mais acalorados. O leitor FD diz que “adoro nude. Acho que depois da nude o negócio rende mais rápido, principalmente se você tiver a pirok grande (no meu caso) rs. Os boys ficam loucos e se for um sexuzinho casual, rola mais rápido”.

Apesar de ser cada vez mais comum a troca de mensagens e fotos sensuais (ou explícitas mesmo), é preciso ter cuidado para não fotografar coisas que nos marcam demais, tais como tatuagens, pintinhas maiores pelo corpo, partes da casa. A internet é um campo propício à viralização do que chega nela. Desse modo, tais imagens e prints podem chegar às mãos de qualquer pessoa e, por isso, a pessoa precisa ser de muita confiança. Em alguns casos, nem sendo de confiança adianta porque celular roubado ou perdido também pode cair nas mãos de qualquer mau caráter.

Aos casais de plantão, trocar umas fotinhas é algo delicioso porque esquenta tudo na hora que rola o encontro. É aquela coisa de “Provocou? Agora vai ter que aguentar” e isso tanto pode vir da mulher quanto do homem, mantendo o relacionamento a todo vapor.

Confesso que já enviei nudes para namorados, ficantes, amigos e conhecidos e pretendo continuar enviando para quem eu achar que merece..hahaha. Cada vez que faço isso, tenho meus cuidados e tenho meu tapa na autoestima e na sexualidade. Eu me acho bonita e gostosa nas fotografias, além de me autoafirmar – é claro! Acho que isso ainda é algo que vai perdurar muito tempo, principalmente entre aqueles que tem uma sexualidade bem aflorada. Sem contar que tais fotinhas e palavras podem proporcionar toques e orgasmos. E você, o que acha a respeito do assunto? Diz aí que a gente compartilha ou eu vejo maravilhosamente caladinha, ta?

Avatar

Jornalista. Baiana. Leonina. Apaixonada por tudo o que diz respeito a sexo e sexualidade. Palavras e fotografias são suas taras.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.