• Sem Tabus

    Desabafo de uma mulher negra

    Como uma mulher negra que sou, tive que me acostumar com o fato de que provavelmente vou terminar a minha vida sem um parceiro. Tive também que entender que, dentro dessa sociedade, eu não sou considerada alguém para se ostentar…

  • Sem Tabus

    Emoções, cumplicidade e autoestima

    Quantas vezes você sentiu que sua estrutura deu uma leve desmoronada? A gente sempre tem essas quedas leves e, às vezes, isso perpassa a autoestima e sua relação com o outro. Dá uma lida neste texto cheio de poesia. Ele…

  • Sem Tabus

    Que tiro foi esse, hein?

    "Que tiro foi esse? Que tiro foi esse, viado? Que tiro foi esse que ta um arraso?". Como faz pra parar de cantar? Ainda não sei. Só sei que este texto está inspirado. Acesse e dê uma conferida!

  • Sem Tabus

    Sou mulher, negra e escrevo sobre sexo.

    Sou mulher negra e escrevo sobre sexo, qual o problema disso? Senta aqui e me explica, estou toda ouvidos. Mas garanto, você nunca vai conseguir me convencer porque as minhas cartas na manga tem a cara da desconstrução.

  • Inspiração

    Fotografia, julgamento e liberdade

    A fotografia nos proporciona um revelar-se. Ao se permitir nua ou semi nua perante a lente, a gente se liberta e a mudança começa a acontecer de dentro pra fora porque a gente vai além do reflexo no espelho.

  • Sem Tabus

    Seduzir é uma arte e tanto!

    Seduzir é uma arte e tanta. Todo despudorado a tem na palma da mão e na sola do pé. Qual o segredo? Autoestima, segurança, espontaneidade. O resto é balela!

  • Sem Tabus

    Quando a mudança interna começa a partir do cabelo

    Muitos homens e mulheres, atualmente, têm aberto mão dos produtos de alisamento para assumir os cabelos naturais e, isso mais do que uma mudança estética, possibilita uma mudança de vida. Vamos entender, então, como se dá este processo e conhecer…

  • Sem Tabus

    A intimidade começa quando?

    A intimidade, ao meu ver, está muito relacionada ao modo como você se vê e como entende a relação com o outro. Se você se aceita como é e tem cumplicidade o suficiente, não há porque se envergonhar da sua…