Sem Tabus

Seduzir é uma arte e tanto!

A arte de seduzir, realmente, não é um tarefa fácil. Se a gente for procurar nesses sites por aí, haverá mil e uma dicas – inclusive algumas consideradas infalíveis. Entre estas, eu encontrei, no Bolsa de Mulher, dicas relacionadas a beleza e, consequentemente, a autoestima feminina. Algo que eu sempre digo por aqui é isso: uma mulher ou homem que se sente bem consigo mesmo terá uma vibração tão positiva e gostosa que qualquer um vai querer tê-lo por perto. E verdade seja dita, basta você observar ao seu redor para ter certeza disso. No entanto, além da autoestima, é preciso ter segurança no seu poder de seduzir o outro.

Não precisa se achar hiper sexy nem o pica das galáxias para ter a autoestima elevada, só é necessário saber que você tem seus atributos e que conquistar o outro é ter segurança e acreditar no seu taco. Isso tudo exige espontaneidade. Quem sabe levar a vida sem precisar forçar atitudes ou momentos, não carrega peso algum sobre suas ações e o gosto da conquista é bem mais saboroso. Apesar desses dois aspectos serem essenciais, ainda me arrisco a citar um outro para complementá-los. Então, estou me referindo a meta por você planejada.

Se não entendeu essa questão da meta, então vou explicar-lhe. Você viu aquele gatinho com um jeitinho que, na sua opinião, se completa com o seu (ou vice versa ou seja lá em quais relações forem). A partir daí, você foi conhecendo ele melhor e encontrando razões para investir, logo, se a pessoa lhe deu um sinal de reciprocidade, invista e não tem como não sair ganhando. Já se você não percebeu que o seu doar-se voltou na mesma proporção, para quê insistir? Sua investida deve ter um limite porque, caso contrário, você faz papel de trouxa e ainda volta toda fragmentada e com o tempo literalmente perdido. Já deixe isso claro para você. Nossos caminhos são melhor traçados quando bem definidos. Seduzir é, portanto, elevar a autoestima, ter segurança em si mesmo e impor limites no alcance da pessoa desejada.

Quando a gente sai de uma relação longa, a sensação é que não saberá agir de modo a atrair o outro pro seu lado mais delicioso da força. Entretanto, minha dica é não ficar com noias porque tudo tem seu tempo e você tem que deixar que ele a perceba lindamente e saiba – ainda que suavemente – que você deseja mais do que uma amizade que faz coraçãozinho com a mão. Se não houver uma correspondência após tantas dicas gentilmente cedidas por você, pula fora porque o que não falta é gente interessante no mundo. Seduzir é uma arte que, convenhamos, conhecemos muito bem… basta um desejo aflorar e pararátimbum.

Lu Rosário

Jornalista. Baiana. Leonina. Apaixonada por tudo o que diz respeito a sexo e sexualidade. Palavras e fotografias são suas taras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.