• Sem Tabus

    Há que se ter pegada!

    Quem não curte uma pegada DAQUELAS, hein? Já está madrugando, mas tem certos assuntos que não tem dia nem hora pra falar porque, diz a verdade, a gente chega arrepia.

  • Sem Tabus

    Fotografe-nos

    Dois corpos. Suor. Entrega. Olhares. Possíveis. Então, fotografe. Uma prosa poética, que envolve tesão, precisa ser lida e relida sem a necessidade quatro paredes.

  • Sem Tabus

    Aqui, ali e em qualquer lugar

    Coisa mais gostosa é bater a vontade e satisfazê-la com toda a adrenalina que nosso corpo merece. É sobre isso esta publicação. Uma delícia que vai te trazer recordações e te despertar outras.

  • Sem Tabus

    Inundar-se

    A água caía torrencialmente sobre seu corpo nu. Cobria e se despia como se estivesse sendo vista por alguma fresta, vitrô ou fechadura esquecida. As mãos a vestiam entre espumas, desejos e nostalgias. Entrecortava canções que poderiam servir de trilha…

  • Sem Tabus

    Reticentes

    Reticentes é querer dizer tudo, mas calar-se para manter o sentir mais intenso. Tesão, gozo e entrega fazem dos três pontos uma metáfora.