HomePosts Tagged "orgasmo"

Aai, que delícia. Ui. Pá. Aaaaaaaaaaah. Com mais gritos, você de repente se desfaz e, assim, pensa: – Que orgasmo do caralho. Ou não pensa assim, aí depende do seu vocabulário mais ou menos escrachado. E aí o orgasmo fica sendo aquele momento mais gostoso do sexo, que dura segundos, mas que se configura como o ápice do prazer. E, assim, o orgasmo fica sendo todo fim de sexo e todo anteceder de corpo mole e cansado dos enérgicos movimentos que a atividade exige. Só que nem todo mundo consegue identificar esse ápice e diz que é prazer a gostosura que deveras sente. Como todo parafraseio, o orgasmo é um pá que chega sem avisar e vai sem perceber. Ops, não é bem assim não.  E, então, compreendendo orgasmo enquanto uma intensidade de delícias em um único momento, há que se vê-lo em outros momentos da vida ou de assim trata-lo ou renomeá-lo. Tem gente que diz ter orgasmo após comer chocolate, outros após matar a sede e alguns consideram o orgasmo apenas com gente. De tudo e do seu mais um pouco, o que você diz?

Quando eu vi na internet, me encantei. Quando peguei e vi a belezura que era pessoalmente, me apaixonei. Mas quando, enfim, senti a sua potência foi amor – bateu e ficou. O vibrador em formato de batom, da Vipmix, é bonito, possui um ar de elegância e também é super discreto. Quem vê, não imagina os prazeres que ele tem para oferecer e é nisso que consiste o desejo em tê-lo porque você pode levar na bolsa, colocar na necessaire, deixar à vista no carro e por aí vai sem causar burburinhos. Para saber que é um vibrador, só se a pessoa conhecê-lo.

Simulando o próprio batom, a sua ponta – que seria passável na boca – encontra-se na diagonal e sua pontinha vai direto ao clitóris com o intuito de massageá-lo. Para funcionar, basta incluir uma pilha AAA que você encontra em qualquer mercado. Não há controle de velocidade, mas a única disponível já tem um resultado e tanto. A fim de não deixar ninguém na dúvida, fiz um pequeno vídeo mostrando toda a sua potência vibratória. Veja abaixo!

 

 

Os vibradores clitorianos são ótimas opções para as preliminares e, neste caso, é uma grande opção para brincar sozinha. Além disso, cai muito bem para presentear porque a amiga vai gostar, ela não se sentirá constrangida em recebê-lo na frente de outras pessoas e, no final, você será a responsável por momentos intensos de prazer da amiga.

Não tem prazo de validade, assim como o bullet, e é só dar uma lavadinha em sua ponta para usar de novo ou passar um álcool gel com um paninho ou algodão para dar aquela limpadinha básica e usar novamente. Pelo menos, comigo é assim. Depois desta publicação, você já sai com uma ideia de vibrador pra uso próprio, para presentear e para ser ainda mais intensa. Está bom ou quer mais?

O dia estava quente, a roupa leve sobre o corpo e as mãos não paravam. Havia muito trabalho, muita fome e sede para fazer tudo a contento e terminar o dia com passos descompassados. Aquela coisa de leveza, de dança e de liberdade sussurrava em meu ouvido com uma angústia alegre. Meu dia estava antitético. Não havia nada marcado, meu cabelo estava desgrenhado, minha pele ressecada – mas eu pensava: nada que um óleo de banho não resolva. E, assim, sorria porque era sexta-feira e no dia seguinte e no outro não trabalharia. Era certo que os próximos dias seriam de filme e delícias que iria fazer..nhaminhami.

Ops. Havia uma coisinha importante: era o dia do orgasmo. Ela sabia que era só uma data comercial e que não seria por ser tal dia que iria transar e ter um orgasmo, afinal, já havia tido um na semana passada com um P.A. lindo. Uia. Ainda assim, para não ficar de fora, compartilhou nas redes sociais para que todos aproveitassem o dia da melhor forma possível e compartilhou a hashtag #diadoorgasmo várias vezes no Twitter, inclusive disse que iria curtir muito a noite e sugeriu vários orgasmos. Quem a via falar, acreditava que sua noite seria de multiplicidades.

À noite, chegou em casa doidinha pra ligar a tv. Colocou na Netflix e assistiu uma animação de Tim Burton – Frankenweenie. Inclusive morreu de amores, achou lindo de morrer e, logo depois, dormiu. Não teve orgasmos. Mas, no outro dia, ela amanheceu amando o tudo porque era sábado (dia de não trabalhar: vale a pena salientar!). E, assim, desejou bom dia para todos os seus amigos virtuais e whatsappianos. Todos pensavam que ela tinha tido uma noite de selvagerias, ela não deixava claro o contrário.

Assim como ela, muita gente deixou transpor isso e, por seu exemplo, desconfiava de todos. Com tudo isso, pensava que um dia dedicado a isso era apenas um dia como qualquer outro. Dias de orgasmo acontecem de repente, dia e hora marcada é para os fracos.