HomeProdutos eróticosPegasus: toda potência em um único produto.

Pegasus: toda potência em um único produto.

O homem é aquele ser que precisa mostrar-se sempre desejoso às práticas sexuais. A nossa cultura instituiu isso como verdade e pensar nele enquanto aquele que não cumpre com as tarefas de proporcionar prazer é, conforme a expressão popular, não dar no couro. Todo relacionamento preza pela intimidade e entrega porque é justamente esses momentos que permitem ao casal estarem juntos, logo, qualquer falha faz com que o homem se sinta menos viril justamente pelo fator histórico apresentado acima. Além da virilidade, relacionamentos não se sustentam de forma saudável quando um dos dois não consegue dar prazer ao outro.

Pensando em evitar constrangimentos para a ala masculina e, também, em alavancar relacionamentos, a Intt criou o Pegasus e realmente deu aquele up em mastros que já estavam perdendo a sua majestade. O Pegasus tem um nome interessante que não me custa nada explicar com todo o carinho que vocês merecem.

 

Escrito no latim como Pegasus, este refere-se a um cavalo que está sempre disponível e que não morre. Assim eu resumo a informação acima e pergunto se tem alguma relação com o homem e seu instrumento. Claro que tem! O produto de mesmo nome é natural, sem contra indicações e poderoso quando o assunto é deixar o homem mais potente e confiante. Segue o modo de aplicação para não haver dúvidas!

 

 

Depois de usá-lo, você vai sentir um forte estímulo e aquecimento no pênis. Vai se sentir o próprio, o diferentão, o gostosão, a última bolacha do pacote. E vai ter toda razão de sentir assim, pois a sensação que irá sentir vai deixá-lo excitado e prontíssimo para causar estrondos na cama ou seja lá onde estiverem.

O Pegasus é um gelzinho verde e com ótima consistência. O aplicador é super fácil também, então não tem desculpas para não experimentar. Procure um consultor mais perto de você por meio do Sex Shop Market ou vá a um Sex Shop para adquirir o seu. Depois, vem me contar o que achou. Leitor Pudor Nenhum não pode ter vergonha, hein?

Gostou? Compartilhe
Quantas estrelas merece esse artigo?

Baiana. Graduada em Letras Vernáculas e em Jornalismo. Realizou pesquisa em Análise do Discurso, estudando a produção do discurso pornográfico. Descobriu-se apaixonada por assuntos relacionados ao sexo e a sexualidade. Adora brincar com as palavras e fotografias.

luu.rosarioo@gmail.com