HomeSexo e SexualidadeLugar de mulher é onde ela quiser: um bate-papo com mulheres empreendedoras de Vitória da Conquista.

Lugar de mulher é onde ela quiser: um bate-papo com mulheres empreendedoras de Vitória da Conquista.

Foi com esta expressão – Lugar de mulher é onde ela quiser – que os aplicativos Northus e The Livery resolveram reunir oito mulheres empreendedoras de Vitória da Conquista (BA) para falarem sobre seus desafios em ser mulher na nossa sociedade. O encontro aconteceu no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, no Oxente Food – um restaurante lindo que serve uma deliciosa comida nordestina – e foi transmitido ao vivo por meio do Instagram dos organizadores.

 

Da esquerda para a direita: Lu Rosário, Sheila Andrade, Claudia Rizo, Edna Márcia, Karine Grisi, Bruna Miranda, Clara Bittencourt e Eva Mota. Foto: Rafael Flores.

 

Este momento configurou-se como uma roda de conversa onde o compartilhar de experiências ocupou a pauta principal. Estavam presentes a administradora, professora, especialista em Marketing e consultora Karine Grisi. Ela também foi a responsável por intermediar o bate-papo. De forma leve e descontraída, soube organizar muito bem os locais de fala.

Durante o bate-papo. Foto: Rafael Flores.

 

Eva Mota, jornalista e empreendedora criativa, também esteve presente. Ela é a primeira a promover uma oficina de marcenaria exclusiva para mulheres. Um projeto e tanto, hein? A presidente da CDL Conquista, Sheila Andrade, foi uma das convidadas e esteve ao meu lado esbanjando simpatia e falando sobre as diferentes posições que a mulher ocupou dentro da Câmara de Dirigentes Lojistas. Inclusive, fez um apelo para que mais mulheres se predisponham a participar deste lugar em que hoje ela se encontra.

Lu Rosário e Eva Mota. Foto: Rafael Flores.

 

Sheila Andrade e Karine Grisi. Foto: Rafael Flores.

 

PM e blogueira de maquiagem, Edna Márcia em sua pequena estatura e super feminina apresentou-nos sua história dentro de uma corporação tipicamente masculina. Já Clara Bittencourt, administradora e coaching, abordou o quanto é difícil para a mulher que quer empreender e acrescentou-nos um pouco sobre esta nova profissão que está surgindo – a de coaching. Para completar, a insta blogueira do Mulher Plus esteve presente falando sobre o empoderar-se da mulher gorda. Bruna Miranda tem, vale ressaltar, um trabalho que perpassa o meu. Maravilhoso isso. Já até propus uma live juntas!

Convidada para plateia e Edna Márcia. Foto: Rafael Flores.

 

Administradora do Espaço Colaborativo Cuco Bahia e Bruna Miranda. Foto: Rafael Flores.

 

Para começar e terminar a nossa noite, Cláudia Rizo, que é engenheira agrônoma, especialista em Paisagismo, cantora, maestrina, autodidata e pianista, fez uma capela lindíssima – tanto sozinha quanto acompanhada por sua filha. Mais do que isso, ela mostrou-nos o quanto sabe ser independente em quaisquer situações cotidianas e que não é por ser mulher que ela deve levar desaforo pra casa, pelo contrário.

Cláudia Rizo. Foto: Rafael Flores.

 

O evento foi muito importante para unir mulheres e inspirá-las. Eu não contei acima, mas é claro que eu estava presente no bate-papo e falei sobre o papel do Pudor Nenhum de empoderar mulheres, além de ter dito um pouco a respeito da minha história enquanto mulher negra que escreve sobre sexo.

Não posso esquecer de dizer, mas o bate-papo contou com o apoio da Link Consultoria, do Especiarias e do Senac. Agradeço ao convite dos organizadores e espero que outros momentos assim se repitam, pois eles são essenciais para que continuemos firmes em nossos objetivos e em nossa luta – de valorização e reconhecimento do nosso lugar enquanto mulheres. 

Gostou? Compartilhe
Quantas estrelas merece esse artigo?

Baiana. Graduada em Letras Vernáculas e em Jornalismo. Realizou pesquisa em Análise do Discurso, estudando a produção do discurso pornográfico. Descobriu-se apaixonada por assuntos relacionados ao sexo e a sexualidade. Adora brincar com as palavras e fotografias.

falecom.lurosario@gmail.com

Sem comentários

Comente