Produtos eróticos

Cliv Gold, da Intt: uma forma de romper seus próprios tabus

Chegou um dos momentos mais esperados do ano: o término de seu ciclo e a renovação das melhores energias, assim como a lembrança dos bons momentos e os votos de dias mais intensos em um novo ciclo que está por vir. Como despudorados que somos, um dos nossos desejos não poderia ser outro: mais despudor, mais sexo e menos tabus em nossa vida.

Quando falamos sobre tabus, logo vem, em nossa mente, o sexo anal. Quem nunca teve medo de dar o buraquinho mais perseguido pelos homens? O fato deste ser condenado pelos cristãos por não servir à reprodução e, portanto, acreditarem também não servir ao sexo é algo que realmente mexe com a cabeça dos ocidentais. Escondemos, proibimos e, também, atiçamos as mentes os desejos daqueles que querem penetrá-lo. Apertadinho, sem muita lubrificação e com pouca elasticidade, ele amedronta por ser visto como sinônimo de dor, mas – ao mesmo tempo – instiga por ser visto como uma região erógena.

A Intt, ao se deparar com este conflito sexual e querer ver os casais se amando mais e de todas as formas, lançou o Cliv – termo advindo da palavra Clivagem e que tem tudo a ver com o ato de dividir e segmentar, conforme o sexo anal deve ser: devagar e com calma no coração. O Cliv Gold é a versão ouro, aquele premiada para as apaixonadas pelo que ainda consideram proibido e que querem arriscar sem passar pelo desconforto.

 

 

O Cliv Gold é um dessensibilizante porque reduz a sensibilidade do ânus, reduzindo as dores que a penetração poderia proporcionar. Além do mais, ele lubrifica, hidrata, dilata e cicatriza. Quando eu digo sobre cicatrizar, refiro-me às pequenas fissuras e irritações que podem ocorrer porque esta região possui muitas preguinhas e, como eu disse anteriormente, a elasticidade é bem pouca.

De acordo com o apresentado na imagem acima, o bico aplicador ajuda bastante no momento a dois, a três ou a quantos você quiser – tendo todo o cuidado com a higiente e forma de aplicação (direta ou por meio dos dedos). Isso mesmo, você opta pela maneira de aplicar e a dica é colocar aos pouquinhos – entre duas e três borrifadinhas – e massagear, tanto dentro quanto por fora, que, em questão de um minuto, já é possível mandar brasa. Digo brasa porque o prazer é garantido se o medo estiver longe, a vontade latente e o Cliv no lugar certo.

 

 

Para não restar dúvidas de como o danadinho é, mostro-lhes na ponta do dedo. É um gelzinho azulado e que não assusta ninguém, só dá vontade. Para este final de ano, é a pedida certa. Para o começo de 2017, é a melhor maneira de iniciar um novo ciclo rompendo tabus e explorando novos prazeres.

Revejam a foto do produto e percebam o quanto a sua embalagem também fala por si. O dourado representa vigor, vibrações positivas, sucesso e luxo. Da mesma forma, a Intt e o Pudor Nenhum querem lhe desejar toda essa energia positiva em dobro, toda falta de pudor necessária e todos os romperes de tabus. Para 2017, meu bem, seja a sua própria fórmula de sucesso e inclua Cliv aí na sua wishlist sem medo de ser feliz.

E este assunto não se encerra por aqui, pois ainda vou escrever tantos outros sobre a arte do sexo anal, ta? Para encerrar esta publicação e 2016 com estilo, que tal darmos continuidade com a Carol Piacenzo no Papo Inttimo? Basta dar play! Mais uma vez, Feliz Ano Novo e a gente se encontra em 2017 com milhares de novidades Intt!

 

Avatar

Jornalista. Baiana. Leonina. Apaixonada por tudo o que diz respeito a sexo e sexualidade. Palavras e fotografias são suas taras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.